Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Agora é que é.

por Ana, em 23.11.17

Lembram-se deste post?

Desta vez vai ser.

Brevemente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Às vezes não dá

por Ana, em 22.11.17

Há dias que acordo antes das 5h da manhã e vou correr. Às vezes não dá.

Há dias em que estou super motivada e cheia de ideias boas.  Às vezes não dá.

Há fins de semana em que faço múltiplas coisas: organizo a casa, roupa, comida, passeio, brinco, deito-me no sofá. Às vezes não dá.

Há semanas em que consigo ter tudo orientadinho ao minuto. Às vezes não dá.

Há dias em que consigo sorrir genuinamente. Às vezes não dá.

Há dias que me sinto grata por tudo aquilo que tenho. Às vezes não dá.

Há dias em que consigo antecipar uma birra da miúda e evitar a mesma. Às vezes não dá.

Há dias em que consigo ignorar o choro da birra da miúda e perceber que aquilo é só cansaço. Às vezes não dá.

Há dias em que me sinto bem na minha pele. Às vezes não dá.

Há dias em que acordo cheia de energia. Às vezes não dá.

Há dias em que gostava de me levantar da cama e ir directa para o sofá e lá ficar até a energia surgir. Mas tantas vezes não dá.

Há dias em que me comparo com aquilo que já fui e fico substancialmente satisfeita com a diferença. Às vezes não dá.

Há dias em que consigo encontrar-me e ser apenas Eu. Mas tantas vezes não dá.

Há dias em que planeio uma viagem. Mas depois concluo que não dá.

Há dias em que todas estas coisas dão. Mas outros tantos, em que não dá.



Autoria e outros dados (tags, etc)

a ler um livro.jpg

Sossegadinha.

Sossegadinha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dia Mundial da TV

por Ana, em 21.11.17

Depois de ouvir as Manhãs da Comercial hoje, impossivel não ir buscar estas memórias.

Umas muito antigos. Outras já dos anos 90. E outras já mais recentes.

As coisas que eu mais gostei de ver na TV.

Beverly Hills

Macgyver

Tom Sayer

Ursinhos Carinhosos

Tartarugas Ninja

Marés Vivas

Prince of Bel Air

Roque Santeiro

Tieta

Médico de Família

Sassaricando

Felicidade

Agora Escolha

Clube Amigos Disney

Jogos Sem Fronteiras

Hospital Central

Riscos

Downton Abby

Achas que sabes dançar?

Conta-me

Sexo e a Cidade

Duarte e Companhia

Autoria e outros dados (tags, etc)

Não sei nadar.

Não sei andar de bicicleta.

 

Vamos por partes.

 

Não sei nadar.

Não sei se me aconteceu algo em miúda, mas o que sei é que durante muito tempo tive medo do mar.

Lembro-me de ser bem miúda, ir á praia e nem os pés molhar.

Aos poucos fui perdendo o medo.

Mas o que é certo é que em criança (a idade certa para aprender a nadar, pois ainda há muita coragem irresponsável), tinha medo, muito medo.

E assim, nunca aprendi a nadar.

 

Não sei andar de bicicleta.

Esta não tem nada a ver com medo.

Apenas falta de prática.

Aprendi à andar.

Na bicicleta de uma amiga.

Durante essas férias de verão pedalei muito.

No entanto, nunca tive uma bicicleta minha.

Quando as oportunidades de andar foram diminuindo, eu deixei de andar e como tal perdi a prática.

Já voltei a experimentar em adulta e não me consegui equilibrar.

[Dizem que nunca se desaprende a andar de bicicleta, mas como vêem é mentira.]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como já disse aqui, no sábado passado corri 18 km, em 2h06.

Desculpem lá, mas o feito para mim foi muito grande, ainda tenho muitas coisas para dizer sobre o assunto.

Assim, aqui vai o relato.

Na semana anterior corri durante 1h30. E este era o meu próximo desafio: correr durante 2h.

Tive que me preparar melhor. Sempre saí para correr sem nada. Nem água, nem gel de corrida, nem barras proteicas, nem nada. Mas no dia em que corri 1h30 percebi que tinha que organizar melhor o treino das 2h.

Assim foi. Li algumas coisas. Falei com algumas pessoas mais experientes nestas coisas.

Comprei uma cinta na qual é possível levar duas garrafinhas de água. E comprei uma barra proteica de amendoim e chocolate.

Estava pronta.

E no sábado, lá fui.

Comecei às 07h30.

Já tinha definido o percurso, de forma a que tivesse a menor elevação possível.

E comecei a correr.

Ao fim de 30 minutos, cheguei a um cruzamento e decidi “Vou antes por aqui. Corro mais meia hora e depois volto para trás".

Faltavam cerca de 10 minutos para voltar para trás e vi uma descida enorme. Pensei: “Nem pensar, vou já para trás.”

Mas de repente, passa-me uma ideia PARVA pela cabeça: “Não, vou mas é já por aqui e não volto para trás, pois este caminho também vai ter à estrada principal

E fui.

Ora, eu sabia, por ouvir dizer, que aquela parte era complicada ao nível das subidas. [Entre São João das Lampas e Santa Susana  - em Sintra]. Mas fui na mesma. O que eu nunca pensei é que fosse tão complicado.

A primeira subida ainda a fiz toda a correr.

A segunda.

A segunda deu cabo de mim. Mais de 1 km a subir.

É muito.

Fiquei de rastos.

A partir daí fui sempre a alternar corrida com caminhada. Sempre que me aparecia uma subida, só a caminhar.

Comecei a chamar-me nomes.

A dizer que aquilo era tudo uma estupidez.

Que eu não era capaz.

E que não fazia sentido aquele sofrimento todo.

Mais. Umas cólicas terríveis. E que apareciam precisamente nas subidas.

Foi quando vi que já tinha feito mais de 17 km e ainda faltava alguma distância para chegar a casa, que me “alegrei” novamente.

Quando cheguei. O Strava indicava 17 km, mas não tinha começado a contar logo no inicio. Olhei para o mapa e vi que me tinha “roubado” 1 km.

Foi quando percebi que tinha corrido 18 km, em 2h06.

É um ritmo lento (6:59) para competição.

Mas para mim, só o facto de o ter conseguido é como se tivesse ganho uma competição.

Ri às gargalhadas, enquanto procurava “vir a mim”

Depois, o mau estar físico. Estava lá todo. Vontade de vomitar. Cólicas.

Mas durou pouco.

Tomei banho.

Comi.

Ao longo do dia, as dores iam vindo. Mas como andei sempre ocupada, foi mais fácil de gerir.

À noite tive que solicitar massagens ao meu massagista particular. Tinha as pernas num oito.

No dia seguinte, tudo OK.

 

O que se segue a seguir?

Vamos ver. Vamos ver.




Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira

por Ana, em 20.11.17

Pensamentos pela manhã: "devia ter dormido mais no fim de semana".

Autoria e outros dados (tags, etc)

18 km. Hoje.

por Ana, em 18.11.17

Corri 18km, em 02h06. Antes: expectativa. Durante: inicio, cheia de energia. A partir de 1h05 "mas porque é que eu escolhi este percurso cheio de subidas" No fim: vontade de rir as gargalhadas e super mal disposta. Depois do banho: relax e muito feliz. Prova superada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

"M., sabes aquele meu casaco preto de malha fininho?

"Sim"

"Não sei onde é que ele está. Viste-o?"

"Não mãe"

"Não o encontro"

Parou. Pensou e disse: "Onde é que foi o último sítio que o viste?"

E eu lembrei-me do que lhe poderá ter acontecido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dos mais diversos géneros, seja comer, beber, ver, conversar.

  1. Cerejas
  2. Feijão-verde
  3. Futebol
  4. Filme Matrix
  5. Filmes da Marvel
  6. Performance de Automóveis
  7. Nozes
  8. Compotas caseiras
  9. Gadgets
  10. Festivais de verão

Às vezes sinto-me assim uma espécie de E.T.

Mas é o que temos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  

  • Blogs de Portugal