Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Coisas que eu ouço #01

por Ana, em 13.09.16

No outro dia, ouvi uma senhora dizer isto “Não vou perder uma coisa que eu um dia posso vir a ganhar…” Usou esta frase como justificativa para não fazer algo no momento, dizendo que assim se arriscava a perder algo que um dia poderia vir a ganhar. Ou seja, não tem qualquer garantia que aquilo venha mesmo a acontecer, mas acha que é possível que sim.

 

Isso pôs-me a pensar. Porque este é efectivamente, uma pensamento generalizado na cabeça de maior parte dos portugueses. Estão sempre à espera daquilo que há-de vir (tal e qual D. Sebastião, que nos há-de vir salvar a todos). Não vivem o momento presente. Não tomam decisões porque acham que as coisas podem vir a mudar e por isso é melhor esperar. Não decidem agora com as circunstâncias actuais, porque pensam como poderá ser se as circunstâncias forem de outro modo.

 

Enfim. Todas as coisas que já sabemos. Porque verdade seja dita, em algum momento da nossa vida, já usamos nós também esse argumento.

 

Da parte que me toca, e apesar de inicialmente ter ficado chocada com a frase da senhora, confesso que isso é algo que me continua a atormentar. Estou sempre a pensar no “se…”, “o que faço se…”, “e se depois…” Tantos e tantos cenários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De helena a 13.09.2016 às 22:57

São esses "ses" que nos fazem perder tempo. Decide-se na altura e segue-se em frente.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  

  • Blogs de Portugal