Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Desafio Superado

por Cá coisas minhas, em 20.03.17

Consegui fazer os 7 km sempre a correr, em 1h01.

Estava sozinha, comigo mesma (no meio da multidão, claro está). Apenas com a minha vontade de conseguir fazer aquilo.

Parti mesmo do início do grupo da mini. Assim, quando começou foi tranquilo, comecei logo a correr. Mas depois tive logo uma peripécia de amadora: lenço voou da cabeça, voltei atrás para o apanhar e quase me espalhei no chão, no meio da multidão. De seguida, ponho o lenço na mochila, e quando a volto a pôr às costas, rebentou-se. [Isto tudo a correr, porque estava decidida a correr sempre]. Lá consegui por a mala às costas só com uma alça, mas sempre a incomodar-me ali no pescoço. Só no fim da ponte encontrei uma posição ideal para a pôr. Lição: nada de mochilas para a próxima.

Fora isso, tudo espectacular. [E mesmo isso, desenrasquei-me bem]. Como disse comecei logo a correr, devagar é certo, à minha velocidade. A parte inicial é a mais difícil. As pernas a pesar, a ponte ligeiramente a subir, e eu logo com a sensação de “isto vai ser tão difícil”, mas eu sabia que as pernas iam começar a ficar mais leves, e ficaram.

Quando a ponte está quase a acabar surge a indicação que 3 km já estavam. Mas ainda faltava mais de metade. Depois começamos a descer até Alcântara e o “sofrimento” começa a diminuir. De repente, primeiro ponto de água, onde eu não parei porque estava a sentir-me bem. Sabia, pelo regulamento da prova que ali eram os 5 km. Já só faltavam 2. Mas esses 2, foram o verdadeiro suplício. Belém nunca mais chegava.

Depois começo a ver a meta e aí, caramba. Olhei para o relógio e vejo: 1h01. Só penso PORRA, eu estive 1h a correr. Corri os últimos metros até a meta a rir à gargalhada.

Depois, quando parei sentia tudo e mais alguma coisa. Só queria andar andar, porque tinha as pernas a tremer, e estava a começar a sentir-me tonta, mas estava muita gente, e fui obrigar a abrandar de imediato. [O que é complicado]

E pronto. É isto. Não corri a meia maratona. Mas corri 7 km. E para mim, foi como se tivesse corrido a MARATONA.

IMG_20170319_180608.jpg

Ontem, enquanto corria e via as pessoas na rua a puxar por nós, lembrei-me que ao fim e ao cabo, sempre tive um fascínio especial por este atletismo de rua. Em miúda adorava ver “as corridas” que passavam lá ao pé da minha casa.

Li ontem numa das amizades do meu facebook, que esta é realmente daquelas coisas que depende única e exclusivamente de nós - sejas rico ou pobre, com conhecidos ou sem conhecidos, a única coisa que faz com que consigas és tu, o teu esforço, o teu desempenho, e a recompensa é tua e depende única e exclusivamente de ti. E é isso mesmo.   

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De a mãe dos PP's a 20.03.2017 às 10:49

Parabéns
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 20.03.2017 às 11:12

Muitos parabéns! =) Mais um desafio superado! =)
Imagem de perfil

De Loulou a 20.03.2017 às 12:41

Muitos Parabéns!
Mais um desafio pessoal superado!
Beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  

  • Blogs de Portugal