Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Expectativas. Sonhos. Projecções. Ambições.

Não sei bem o que lhe hei-de chamar. São a mesma coisa? Por um lado sim, por outro lado, não. Se formos ao dicionário, os significados são diferentes. No entanto, a ideia base é semelhante. Aquilo que queremos, que desejamos ou pensamos que vai acontecer (ou que gostaríamos que acontecesse, vá. Sim, continuo a divagar).

O que é certo, é que temos sempre expectativas em relação às pessoas, as situações e também, sem sombra de dúvida, para a nossa vida.

É engraçado, que com o desenrolar dos anos, as nossas expectativas vão mudando. Vamos percebendo o que recebemos em troca, e vamos ajustando os esforços que empreendemos nas nossas tentativas de alcançar algo.

Imaginava (lá longe no passado), que a minha vida seria esta hoje? Não. Não interessa agora, se melhor ou pior. Estou onde me levei.

Já criei expectativas positivas relativamente a pessoas, que depois agiram exactamente de modo contrário? Sim. Mas e depois? Também não terei eu feito o mesmo, relativamente a algumas? Com certeza, sim.

As expectativas comandam a nossa vida? Sinceramente, acho que não. Mas auxiliam no caminho. Se eu não esperar nada das coisas, das pessoas, das situações, para que é que eu me meto nelas?

Depois, vamos fazendo a selecção natural, e guardando só o que interessa. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  

  • Blogs de Portugal