Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sobre frontalidade (ou lá o que lhe queiram chamar)

por Cá coisas minhas, em 11.05.16

Não percebo as pessoas. Aquelas que dizem tudo o que lhes vem a cabeça, a boca melhor dizendo. Que se dizem frontais.

Mas depois, a quem ninguém lhes pode dizer nada. Que se defendem automaticamente com o ataque. Mais uma vez a serem frontais. Porque nunca ficam com nada por dizer.

Lamento. Isso não é frontalidade. É falta de bom senso. Nalguns casos, até me atrevo a dizer de educação, mas vá nem sempre.

Vamos lá ver. Frontalidade é uma coisa. Assertividade é outra bem diferente. Frontal é aquele que diz o que quer e bem lhe apetece, sem querer saber do outro. Assertivo é aquele que diz o que pensa, mas sem ferir o outro, que é capaz de se colocar no lugar do outro.

Mas aqui é que está o problema maior. É esta dificuldade que as pessoas têm em se colocar no lugar do outro. Porque “eu penso…”, porque “eu sei que…”, porque “eu estou muito triste…”, porque “eu estou muito feliz…”. Porque “eu sou sincero, digo aquilo que penso…”.

Enfim. [Mas continuo sem vos perceber].

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  

  • Blogs de Portugal