Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"M., sabes aquele meu casaco preto de malha fininho?

"Sim"

"Não sei onde é que ele está. Viste-o?"

"Não mãe"

"Não o encontro"

Parou. Pensou e disse: "Onde é que foi o último sítio que o viste?"

E eu lembrei-me do que lhe poderá ter acontecido.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas da miúda #56

por Ana, em 14.11.17

No sábado de manhã, chego a casa depois da minha corrida e a miúda estava no seu quarto a brincar.

"Então, M., tudo bem?"

"Sim, estive a fazer ali uma obra de arte?"

"Ai, sim? Então?" [Nada pretensioso]

"Escrevi que sou uma princesa".

????

"Olha".

[E mostra-me]

IMG_20171111_094451.jpg

Passo a explicar: por cima da cama dela, tem uma faixa que diz "I am a princess". E ela copiou. Como não havia mais espaço á frente, passou para baixo, da direita para a esquerda e da esquerda para a direito na terceira linha.

Está encantada com a escrita. Pede-me várias vezes para eu escrever uma determinada palavra que ela queira, e depois "copia".

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Fizemos um misto...

por Ana, em 01.11.17

Manhã de Pão por Deus e Almoço de Hallowen

IMG_20171101_103019.jpg

IMG_20171101_131903.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas da miúda #55

por Ana, em 25.10.17

Conversavamos as duas, sobre as "suas coisas"

Eu: "Então e lá nas danças, tudo a correr bem?"

Miúda: "Sim, nas danças está tudo bem. Eu não tenho nenhum problema. Gosto da professora, tudo bem. Só há lá umas meninas que eu não gosto muito"

Eu: "Então?"

Miúda: "Porque há lá umas meninas que têem a mania que são professoras. Olha, por exemplo, a menina que foi o meu par hoje. E a menina que foi o meu par no outro dia...."

Tive dificuldade em esconder a vontade de rir, mas consegui controlar-me um bocado e digo:

"Sabes, essas meninas já estão lá desde o ano passado e estão a dar-te uma ajudinha"

Miúda: "Sim, mas por exemplo. Eu hoje estava fazer tudo bem, que eu sei que estava a fazer bem, e ela começou a dizer que eu estava a fazer mal e para fazer de outra maneira"

Conclusão: Tudo bem, desde que não venham cá dizer-lhe como é que se faz. Ahahahah...

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas da miúda #54

por Ana, em 24.10.17

IMG_20171005_135747.jpg

 

Ainda não andava sequer quando começou a ir a esta loja.

No carrinho, já gostava de ver tudo e mexer em tudo.

Agora já chega às estantes sozinha. Eu chego, sento-me e ela ali fica. Gosta de pegar nos livros, abri-los. Espreitar os CD’s. Ver os brinquedos.

Continua a ser um dos seus sítios preferidos.

E não, não é por ir comprar. É mesmo só porque vai ver.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas da miúda #54

por Ana, em 01.10.17

Quarto de princesas.

IMG_20171001_201307.jpg

Pediu, pediu, pediu. E finalmente conseguio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas da miúda #53

por Ana, em 26.09.17

A minha filha casa hoje.

Não, o tempo não andou mais depressa.

Ela continua a ter 4 anos.

Mas informou-me ontem, que casa hoje.

Diz que era para ter sido ontem. Mas o noivo faltou à escola, porque fazia anos. "E eu não ía casar com outro não é?! Porque o S. é o melhor. Assim calmo, como eu"

De maneiras que ficou adiado para hoje, quando forem ao parque.

"Mas ele quer casar contigo?", pergunto eu.

"Obviamente que sim", responde ela.

"E ele sabe que é amanhã?"

"Eu não sei se ele está preparado", responde ela.

"Mas quando é que combinaram?"

"No outro dia, à hora de almoço. Antes de eu ir de férias. Combinamos para 2ª feira"

"Então e depois de casarem, como vai ser?"

"Então, temos que organizar as coisas da nossa casa. Ir às compras. Essas coisas. Já tratámos dos papeis"

[E uma pessoa fica pasma com estas conversas]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas da miúda #52

por Ana, em 06.09.17

No jornal da noite falavam da Coreia do Norte.

Miúda: “Podemos lá ir, mãe?

Eu: “Não filha. Ali não podemos ir. Porque há ali pessoas muito más e não deixam as outras serem felizes

Miúda: “Porquê?

Eu: “Porque as pessoas não podem ver na tv o que lhes apetece. Não têm internet. Não podem dizer o que querem. Não podem estar até a hora que quiserem na rua. Não podem fazer o que lhes apetecer. Não têm liberdade.

Miúda: “Então, nós vamos lá e ensinamos uma lição

Eu: … [Fiquei muda]

Miúda: “Ensinamos essas pessoas a serem boazinhas

Pois. É simples não é?!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas em introspectiva #08

por Ana, em 01.09.17

Aqui há tempos escrevi este post.

Estávamos numa daquelas fases complicadas, que com a idade vão ficando cada vez mais “desafiadoras”.

Escrevi

“(...)Dizer não. Marcar posição de autoridade. Por de castigo. Dizer “não grites”. Dizer “para de chorar”. Sair de ao pé dela e ouvir um choro contínuo já desespero (manipulador, será?), “oh mãe, por favor, não me deixes aqui sozinha”. Explicar o porquê do porque não. Explicar o mau daqueles comportamentos. Ralhar. Conversar. Acabar com a conversa por ali e esperar que a birra passe. E tudo junto outra vez.

Isto é esgotante. (…)”

E sim.

É exasperante. De me levar muitas vezes ao limite.

Mas o tempo vai passando.

E todas as fases mais complicadas também passam.

[E voltam outra vez, e eu esqueço-me que vão passar. Eheheh]

Mas o que eu quero dizer agora, é que tem valido a pena. Vale a pena cada “conflito” que vai surgindo. Todas as vezes em que tenho mantido a minha posição.

Não sou perfeita. Longe disso. Erro muitas vezes. E a minha miúda não é de longe nem de perto um caso exemplar de educação e cumpridora de regras e tudo e tudo e tudo.

Mas se aqui há tempos disso que “educar a educação” era das coisas mais difíceis da maternidade, hoje mantenho e reforço. No entanto, acrescento: é das coisas mais recompensadoras da maternidade.

Ver ela a crescer. A tornar-se numa pessoa com vontades e opiniões. A cumprir regras, e a desafiar outras que vão surgindo. A perceber o que está certo e o que está errado. A optar mais vezes pelo que está certo. A dizer “ok, eu vou fazer o que vocês estão a dizer, mas eu não queria e estou chateada”.

Isto é bom, mas tão bom.

Foram as primeiras férias sem sesta. Eu achava que isto ia ser um horror. Foram as melhores férias desde que ela nasceu. Participou inteiramente em todos os programas. Mostrou verdadeiro entusiasmo em cada momento. Entediou-se outras tantas vezes por não saber o que fazer. Encontrou o que fazer nos momentos de tédio.

Houve birras, sim senhora. Houve contestações e reclamações. Mas também a consegui observar em diferentes contextos e ver como a minha bebé já deixou de o ser e se está a transformar em menina.

 

[Daqui a uns tempos estou outra vez a dar em maluca com as birras e as “guerras”. Mas fica aqui o balanço. Tudo passa. O que vem a seguir é sempre diferente, mas parece sempre pior. Mas também passa. O importante é nós sabermos o que é importante e gerir isso com eles]

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Mãe, quero ver bonecos"

IMG_20170828_094828.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  

  • Blogs de Portugal