Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Coisas da miúda #52

por Cá coisas minhas, em 06.09.17

No jornal da noite falavam da Coreia do Norte.

Miúda: “Podemos lá ir, mãe?

Eu: “Não filha. Ali não podemos ir. Porque há ali pessoas muito más e não deixam as outras serem felizes

Miúda: “Porquê?

Eu: “Porque as pessoas não podem ver na tv o que lhes apetece. Não têm internet. Não podem dizer o que querem. Não podem estar até a hora que quiserem na rua. Não podem fazer o que lhes apetecer. Não têm liberdade.

Miúda: “Então, nós vamos lá e ensinamos uma lição

Eu: … [Fiquei muda]

Miúda: “Ensinamos essas pessoas a serem boazinhas

Pois. É simples não é?!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas em introspectiva #08

por Cá coisas minhas, em 01.09.17

Aqui há tempos escrevi este post.

Estávamos numa daquelas fases complicadas, que com a idade vão ficando cada vez mais “desafiadoras”.

Escrevi

“(...)Dizer não. Marcar posição de autoridade. Por de castigo. Dizer “não grites”. Dizer “para de chorar”. Sair de ao pé dela e ouvir um choro contínuo já desespero (manipulador, será?), “oh mãe, por favor, não me deixes aqui sozinha”. Explicar o porquê do porque não. Explicar o mau daqueles comportamentos. Ralhar. Conversar. Acabar com a conversa por ali e esperar que a birra passe. E tudo junto outra vez.

Isto é esgotante. (…)”

E sim.

É exasperante. De me levar muitas vezes ao limite.

Mas o tempo vai passando.

E todas as fases mais complicadas também passam.

[E voltam outra vez, e eu esqueço-me que vão passar. Eheheh]

Mas o que eu quero dizer agora, é que tem valido a pena. Vale a pena cada “conflito” que vai surgindo. Todas as vezes em que tenho mantido a minha posição.

Não sou perfeita. Longe disso. Erro muitas vezes. E a minha miúda não é de longe nem de perto um caso exemplar de educação e cumpridora de regras e tudo e tudo e tudo.

Mas se aqui há tempos disso que “educar a educação” era das coisas mais difíceis da maternidade, hoje mantenho e reforço. No entanto, acrescento: é das coisas mais recompensadoras da maternidade.

Ver ela a crescer. A tornar-se numa pessoa com vontades e opiniões. A cumprir regras, e a desafiar outras que vão surgindo. A perceber o que está certo e o que está errado. A optar mais vezes pelo que está certo. A dizer “ok, eu vou fazer o que vocês estão a dizer, mas eu não queria e estou chateada”.

Isto é bom, mas tão bom.

Foram as primeiras férias sem sesta. Eu achava que isto ia ser um horror. Foram as melhores férias desde que ela nasceu. Participou inteiramente em todos os programas. Mostrou verdadeiro entusiasmo em cada momento. Entediou-se outras tantas vezes por não saber o que fazer. Encontrou o que fazer nos momentos de tédio.

Houve birras, sim senhora. Houve contestações e reclamações. Mas também a consegui observar em diferentes contextos e ver como a minha bebé já deixou de o ser e se está a transformar em menina.

 

[Daqui a uns tempos estou outra vez a dar em maluca com as birras e as “guerras”. Mas fica aqui o balanço. Tudo passa. O que vem a seguir é sempre diferente, mas parece sempre pior. Mas também passa. O importante é nós sabermos o que é importante e gerir isso com eles]

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Mãe, quero ver bonecos"

IMG_20170828_094828.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

IMG_20170821_142451.jpg

E isto...

IMG_20170821_142439.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Na praia, “Vá, temos que ir

Não quero

[Raramente de lá saímos sem birra]

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mãe, onde é que vamos hoje?

Ficar todo o dia na aldeia a brincar, ou a “pastar” ou a ver bonecos, é coisa que não lhe enche as medidas

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mãe, quero comer alguma coisa

Mais ou menos de meia em meia hora.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Coisas da miúda #51

por Cá coisas minhas, em 31.07.17

A miúda foi ao jardim zoológico, a uma festa de aniversário.

Animadíssima.

Diz: "Já fui ao jardim zoológico. Agora só falta a selva"

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas da miúda #50

por Cá coisas minhas, em 14.07.17

Digo eu, num desabafo "É preciso uma paciência, rapariga. Uma paciência"

E recebo como resposta: "Então, não tinhas amado o papá. Assim eu não tinha nascido. E já podias viver descansada".

[Toma. Embrulha. Vai buscar]

Uma pessoa já nem um desabafo pode fazer, que leva logo com uma resposta destas. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Coisas da miúda #48

por Cá coisas minhas, em 13.06.17

Depois disto e disto, eis que surge a pergunta da ligação:

Então se primeiro eu estava nas estrelinhas e depois fui para dentro da tua barriga, como é que eu fui parar lá dentro?

Bom. Estavamos a passear na Ericeira, numa rua cheia de gente quando ela se lembrou de tal questão.

A minha resposta foi: “Conversamos sobre isso em casa, está bem”. Felizmente ela concordou e não se lembrou mais do assunto.

[Tenho tempo de preparar a resposta.]

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor



Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Links

  •  

  • Blogs de Portugal