Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Um blog generalista, onde falo sobre as minhas coisas. As coisas que me vêm à cabeça.

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Um blog generalista, onde falo sobre as minhas coisas. As coisas que me vêm à cabeça.

08
Ago16

Quem disse que não é possível sair a noite com crianças?

Continuando na concretização das “coisas a fazer até ir de férias”, no Sábado as 18h saímos de casa em direção a Lisboa. Deixamos o carro ao pé do Cais Sodré e lá fomos caminhando. Primeiro, junto ao rio.

E depois, lá fomos nós, subindo até ao Chiado, onde jantamos, ouvimos música de rua, “perdemo-nos” no meio da multidão - turistas, lisboetas, emigrantes, “gentes vindas de todo o lado”. Diferentes sons - carros, musica, risos, vozes. Luzes, cheiros diversos. Adoro a diversidade desta cidade. Esta agitação de pessoas que “vagueiam” pelas ruas.  

A miúda adorou a experiência. Dançou no Chiado e até cumprimentou o homem estátua.

E depois lá fizemos novamente o percurso inverso, também a pé. Eu fiquei com bolhas nos pés.

A noite estava quente como tudo. Nem uma brisa havia para refrescar. Mas a experiência foi divertida e enriquecedora.

 

08
Ago16

Coisas da miúda #18

Resolvi ensinar a miúda a jogar o jogo “quente ou frio”.

Digo para ela, “a mãe esconde isto e tu vais à procura, se estiver perto a mãe diz quente, se estiveres longe a mãe diz frio” (Recorde-se que a miúda tem três anos, e eu sabia que talvez ainda não fosse capaz de perceber a ideia do jogo, mas resolvi tentar na mesma).

E assim foi: eu escondi e ela lá andava a procura.

Eu: “quente, quente, cada vez mais quente”.

Ela: “Eu pus protetor”

[E que belas gargalhadas demos. Ainda tentei mais algumas vezes, mas era sempre saídas deste género]