Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

30
Dez17

A miúda e os filmes

Ana

A miúda começou a cerca de um ano a gostar de ver filmes. Já fomos algumas vezes ao cinema. Aguenta-se bem a sessão toda. Em casa, também vê. De preferência, (99% das vezes) filmes das princesas da Disney. O problema é o seguinte: vê os filmes por temporadas. O que quer dizer isso? Eu explico. Anda semanas (ou meses) a ver sempre o mesmo filme. "Mamã quero ver um filme" "Ok, qual?" E escolhe sempre o mesmo. Já tivemos a temporada "Pequena Sereia". A temporada " Branca de Neve". A temporada "Frozen". A temporada " Bela e o Monstro". Pelo meio, foi experimentando outros. Mas não se transformaram em temporada. Agora estamos na temporada "Cinderela". Já não posso com isto. Mas ela diz que ainda não sabe as falas todas. Socorro.

29
Dez17

Espiral

Ana

Mudei um pouco a cara do blog.

Lavei-lhe a cara e pus-lhe alguma maquilhagem.

 

Mas mantenho o conceito.

A escrita, as ideias, os desabafos. As parvoíces. As leituras.

Essas vão todas continuar por cá. 

 

Mantenho também o conceito na imagem do avatar: espiral. 

No entanto, esta também mais colorida.

[O meu estado de espírito anda mais colorido. Nota-se?]

 

Abaixo deixo-vos um texto que encontrei que explica um pouco o significado da forma espiral.

 

Sobre as formas espiraladas e circulares, Alce Negro, dos Oglala Sioux coloca o seguinte:

Tudo que o poder do mundo faz é feito em círculo. O ceú é redondo, e tenho ouvido que a Terra é redonda como uma bola, e assim também o são as estrelas. O vento, em sua força máxima, rodopia. Os pássaros fazem seus ninhos em círculos, pois a religião deles é a mesma que a nossa. O sol nasce e desaparece em círculo em sua sucessão, e sempre retornam outra vez ao ponto de partida. A vida do homem é um círculo, que vai da infância até a infância, e assim acontece com tudo que é movido pela força. Nossas tendas eram redondas como os ninhos das aves, e sempre eram dispostas em círculo, o aro da nação, o ninho de muitos ninhos, onde o Grande Espírito quis que nós chocássemos nossos filhos.



O texto completo aqui.

29
Dez17

2018, o que espero de ti

Ana

O mesmo de sempre.

Nada de resoluções públicas.

Nem promessas de mudança de vida.

Apenas dois profundos desejos.

 

Resultado de imagem para serenidade

 

Para aceitar o que vem.

Para combater o que vier.

Para saborear cada um dos momentos.

Para optar pelo melhor.

Para alcançar o que quero.

 

 Um FANTÁSTICO ANO DE 2018 para todos. 

 

28
Dez17

2017

Ana

Coisas que eu quis fazer em 2017 e fiz...

Ler 6 livros. Até li mais. Li 10.

Organizar mais actividades para fazer com a miúda. Fiz e fiz muitas. Ano cheio.

Comprar um móvel para a sala.

Organizar contas. O que estava previsto para este ano, foi feito.

 

Coisas que eu gostava de ter feito em 2017, mas não fiz…

… e portanto vamos a ver se faço em 2018.

Resolver umas “quezílias” pendentes.

Chegar aos 55 quilos.

Ter um vínculo laboral mais “seguro”.

Ficar mais vezes de boca fechada [Não no que diz respeito à comida, mas falar mesmo]

 

Coisas que eu nunca imaginei fazer em 2017...

... e fiz. 

Correr uma meia maratona. 

Receber um convite para ser madrinha.  

Ter tantos seguidores do blog. 

 

E durante o ano de 2017 aconteceu algo que nunca imaginei que fosse acontecer. Uma perda. De forma violenta e avassaladora. Nunca cheguei a falar nisto no blog e também não o vou fazer. Apenas a menção que há coisas que nos agitam, adormecem, rebentam, revoltam, angustiam, apaziguam, questionam. Tudo ao mesmo tempo. São estas coisas que nos metem de pernas para o ar, e depois direitas outra vez, que nos "metem" no nosso lugar.

 

2017 não foi nem o melhor nem o pior de todos os outros anos. Foi um ano de MUDANÇA. 

 

 

27
Dez17

Um presente de Natal, diferente

Ana

 

Resultado de imagem para madrinha de batismo

 

Este ano, recebi um presente de Natal especial.

Vou ser madrinha do meu sobrinho mais novo.

Adorei o presente.

Aceitei de imediato.

E fiquei (e estou) muito feliz. 

Há muito que desejava ser madrinha.

Agora sou.

E "obviamente" do melhor afilhado que poderia ter.

Espero estar a altura do pedido.

Vou fazer por isso.

 

Obrigado. 

27
Dez17

A festa da miúda

Ana

Foi única.

Fantástica.

Ela estava super feliz.

Foi no Cantinho dos Póneis, em Sintra.

Se não conhecem, recomendo a visita. É um sítio giro, não só para festas de aniversário.

A pedido dela, o tema foi Frozen.

A decoração foi um misto de trabalho a duas com decoração solicitada.

Passámos o dia de véspera, as duas, nos preparativos.

Cozinhamos. Cortamos. Colamos.

O resultado final foi este.

IMG_20171223_135338.jpg

 E o comentário foi: "eu pensava que ia ser bonito, mas está muito melhor do que eu imaginava".

 

O sítio é giro e espaçoso. Dá para as crianças fazerem actividades com os animais, mas também para brincarem a vontade.

E dá para os adultos estarem presentes e conviverem igualmente.

Foi cansativo e trabalhoso, mas valeu a pena. Claro.

No entanto, já aprendi uma lição: próxima festa de aniversário, será com lanche já incluído. E só para crianças.

 

23
Dez17

Já é Natal

Ana

Desejo a todos um Feliz Natal. Vivam-no da forma que vos pôr possível. Por cá, será certamente cheio de risos, amor e em boa companhia. Que o vosso seja igualmente: Feliz, Envolvente, Livre, Incrível, Adorável, Completo, Lindo. Sejam felizes.

22
Dez17

2017 em livros

Ana

Este foi um ano de leituras.

Consegui finalmente encontrar tempo e paz de espírito para voltar ao meu "passatempo" preferido: leitura.

Ler é para mim muito mais fascinante que ver um filme.

Com a leitura consigo por a minha imaginação a trabalhar.

Um livro dura mais que 2h (tempo de um filme).

E as personagens "vão comigo" para onde eu fôr.

Muitas vezes, ao longo do meu dia, dou por mim a pensar no livro que estou a ler.

E fico desejosa que chegue o MEU momento de final do dia, para voltar ao livro.

Li ao todo 10 livros, mas um ainda não completei a leitura.

Foram estes:

1 - "Diário de uma dona de casa desesperada", Sue Kaufman

2 - "Um dia: vinte anos duas pessoas", David Nicholls

3 - "O 3º gémeo", Ken Follet

4 - "A Rapariga do Comboio", Paula Hawkins

5 - "A ameaça", Ken Follet

6 - "Viver sem ti", Jojo Moyes

7 - "Persuasão", Jane Austen (este foi o que ficou imcompleto)

8 - "Uma questão de atracção", David Nicholls

9 - "Contagem descrescente", Ken Follet

10 - "Objectos Cortantes", Gillian Flyn

Gostei de todos.

Uns mais preferidos que outros: "A Rapariga do Comboio" e "Um dia: vinte anos duas pessoas".

Pág. 1/4

Sobre mim

foto do autor

Blogs de Portugal

Também estou aqui

E aqui

Strava

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D