Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

25
Mai18

Esta semana

Ana

Foi dura.

Complicada.

Trabalhosa.

Longa.

Mas cheia de emoções.

Cheia de conquistas.

Realizações.

 

25 de maio de 2018.

O dia que marca o inicio daquilo que tem vindo a ser. Mas agora, é definitivo. 

 

O percurso foi longo. Mas finalmente encontrei o meu lugar. Daqui já não saio.

 

Estou feliz. Muito feliz.

 

(Se alguma vez em 2015, eu imaginei que a minha vida ia dar esta volta...)

21
Mai18

The Disney Princess

Ana

A miúda já tinha encontrado as semelhanças: a carruagem, o vestido branco comprido.

[Sim, ela viu o casamento real e adorou. Super atenta aos pormenores.]

Depois a minha irmã enviou-me esta imagem.

IMG-20180520-WA0004.jpg

Mostrei-lhe.

E ela, de boca aberta: "é mesmo igual mãe".

E é.

"Eu não sabia que as carruagens existiam de verdade"

 

[A Cinderela é só o filme preferido dela, que ela já viu centenas de vezes]

18
Mai18

O meu mau humor

Ana

Semana 20: Fico de mau humor quando…

 

No fundo, no fundo, quase sempre.

Mentira. 

Há quem diga que sou antipática.

Há quem diga que tenho mau feitio.

 

Eu digo-vos a verdade: tenho pouca paciência para "fretes".

E são exactamente os "fretes" que me deixam de mau humor.

Por exemplo: estar com alguém de quem não gosto ou ouvir conversas de gente que não tem interesse nenhum.

 

Para além disso, deixa-me também de mau humor a incompetência. 

Seja onde for e com quem for.

Errar é humano, lá diz o ditado, mas persistir no erro é estupidez.

 

Também fico de muito mau humor quando idealizo uma determinada situação e ocorre tudo ao contrário do que eu imaginava.

16
Mai18

Twitter

Ana

Estou desde ontem também por lá.

@cacoisasminhas

 

Se utilizam, vão até lá e sigam-me.

Se não utilizam podem ir na mesma e passam a utilizar. Vão gostar.

 

Também estou no facebook e no instagram (podem clicar ali ao lado). Mas isso vocês já sabiam. Se não seguem é porque não querem. ;)

 

(Alguém me sabe explicar porque é que o editor do sapo, no telemóvel, não tem emojis sapinhos????)

 

14
Mai18

Mexe-te

Ana

 

 

Corre.

Caminha.

Anda de bicicleta.

Vai ao ginásio.

Treina em casa.

Treina no jardim.

Dança.

De manhã.

Ao final do dia.

A hora de almoço.

Sozinho(a).

Acompanhado(a).

1 vez por semana.

Todos os dias.

Ao fim de semana.

Quando quiseres.

Como quiseres.

Onde quiseres.

Com quem quiseres.

Mas mexe-te.

Ficas:

Leve.

A sorrir.

Saudável.

Enérgico(a).

Motivado(a).

A pensar para a frente.

 

 

Por ti e por todos: Mexe-te.

 

 

11
Mai18

Ideias que mais vale não ter

Ana

Fui mais a minha miúda ao cabeleireiro.

Aquilo que podia ser um programa divertido de mãe e filha, quase se tornou num pesadelo.

 

Quis ser a primeira. Claro.

Toda satisfeita a lavar a cabeça como as senhoras crescidas. Toda ela se ria.

Cortou o cabelo.

A cabeleireira fez-lhe uma trança toda gira.

Linda.

 

Segue-se a mãe.

Começa a tortura.

"Quero sair daqui. Estou cheia de fome"

"Tens que esperar, agora é a mãe."

Inquieta.

A mexer em tudo.

A minha mala a arrastar-se pelo chão.

Dança.

Levanta-se.

Sai da porta.

Ainda só estava a lavar a cabeça e já estava a pensar "que m***** de ideia esta".

 

No final.

Penteado novo para mim. Uma espécie de franja/farripas.

"Não gosto"

"Tira"

"Corta a franja"

"Não quero ir contigo assim"

Birra.

Amuo.

"Não tens vergonha de sair á rua assim?"

Mais birra e mais amuo.

 

Tão bom, hã?

A pessoa sai do cabeleireiro a sentir-se a maior (só que não).

11
Mai18

Rumo aos 52: Maio

Ana

Apesar de já ter atingido o peso pretendido, continuo a ter cuidados com a minha alimentação.

Menos, é um facto.

Mas continuo a ter.

Até porque mudei a minha forma de comer. Logo, é normal que os cuidados estejam cá na mesma.

Há, no entanto, mais excepções do que havia.

Foi por isso que fiquei surpreendida com o meu peso.

Ontem, pesei-me ao final do dia, na balança de sempre.

51,3 kg.

Não é mau.

É bom.

Gosto de me sentir mais leve.

Para correr então é muito melhor.

Mas tenho que ver como posso manter o peso. Tenho que "estacionar" aqui nos 51 kg.

Vamos ver.

Pág. 1/2

Sobre mim

foto do autor

Nº de Visitas

contador de visitantes

Também estou aqui

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D