Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêm a cabeça.

Fim de semana

31.08.20 | Ana

Sábado

Acordei as 07h20 com a Marta. Que acordou a Maria também. Ficámos as três na ronha na cama da Maria.

7h40 começa a agitação do dia.

Vestir a Marta. Colocá-la na cadeira dela. Preparar biberon. Dar-lhe o biberon para ela beber (já bebe sozinha). Tratar do pequeno almoço de nós os três. Pôr roupa a lavar. Fazer as camas.

Saí para caminhar e levei a Marta comigo (que acaba por dormitar um pouco).40 minutos.

Chegar. Estender a roupa. Dar um jeito à casa. A Marta vai espalhando tudo pela casa, brincando, falando e rindo. Segue a irmã para todo o lado. A Maria organiza as suas brincadeiras. Ela vê as bonecas todas tão bem organizadas e vai, pois claro, brincar. Às vezes a Maria chateia-se, mas na maior parte das vezes consegue continuar a brincar com a mana por lá.

Tratamos do almoço. Almoçamos. 

Sesta da Marta.

E eu: LER. Ali fico cerca de 1h30.

Marta acorda. Lancha.

Eu faço um bolo. Lanchamos. A Marta come pela primeira vez bolo e ADORA.

Brincamos. A Marta resolva espalhar a roupa toda que apanhei pela sala e cozinha.

Saí com a Maria ao fim da tarde para ela ir cortar o cabelo. Assisti maravilhada à sua felicidade todo o tempo que lá estevee mais ainda quando viu o resultado final. Adora ir ao cabeleireiro.

Chegar. Banhos. Jantar.

Mais um pouco de brincadeira.

20h50: Deitar a Marta.

Perto das 22h00: Deitar a Maria.

Finalmente, só nós.

Domingo.

A Marta acordou as 07h00. O que tornou tudo mais difícil. É Domingo, ninguém quer acordar cedo.

As 08h00 já estamos todos na sala.

As 09h00 vou buscar pão. Preparamos o pequeno almoço.

Faço as camas de lavado. Ouço a Maria a cantar na sala e a Marta a querer imitar. Vou espreitar: a Marta está a fingir que tem um microfone na mão, e canta e dança imitando a irmã. A Maria dá-lhe o microfone e ela canta para o microfone. Rimos muito.

Pego na Marta e vamos caminhar. 40 minutos. E ela dormita.

Chego. Dou um jeito à cozinha. Almoçamos. Sesta. Eu aproveito a sesta da Marta para ler. E ainda consigo organizar alguma da roupa dela.

A Marta acorda. Lancha.

E brinca, muito. Acordou super bem disposta. Resolve pegar no legos todos, colocá-los na caixa certa, procurar a tampa e fechar. Tudo sozinha. No final, bati palmas efusivamente. E ela riu-se, muito. Agora já com dentes em cima e em baixo.

O pai vai buscar pão com chouriço à roulote. Lanchamos.

19h30. Banhos.

Jantar. 

21h00: Deitar a Marta.

21h30: Deitar a Maria.

E o fim de semana acaba.

As férias

28.08.20 | Ana

Ficámos por casa.

Comprei uma "casinha".

Um escorrega.

Trouxemos um piscina que os avós tinham comprado para a Maria.

E elas têm feito a festa.

A Maria precisa urgentemente de voltar à escola. Actividades extra curriculares, para já ainda não vou inscrever. Mas ela precisa urgentemente de rotinas, tarefas, horários. A retoma disto tudo vai ser dura. Está há muito tempo "solta". Ela própria sente saudades da escola, dos amigos. Já está toda entusiasmada com a nova mochila e lancheira. Vai para o 3º ano. É uma criança com muita dificuldade em manter o foco no trabalho. Estes meses todos de ausência com certeza, ainda terão piorado a situação. Paciência, paciência e mais uma dose extra de paciência. É o que eu vou precisar.

A Marta está com 14 meses. Não anda. Arrasta-se sentada, de rabo. Mas chega a todo o lado. Já consegue exprimir-se de alguma forma, tentando vocalizar algumas palavras (ainda que de modo muito pouco perceptível ainda). Tem uma adoração pelo pai. Anda sempre à procura dele pela casa. Quando ele está ausente e chega é uma festa. Quando eu estou ausente e chego, passa-lhe ao lado. Não entendo. 

Eu retomei o trabalho.

Elas continuam de férias. Agora com o pai.

Em Setembro voltamos todos às nossa rotinas. No entanto, nada será como antes. 

 

[Curioso. Sempre tive uma grande necessidade de planear/prever. Porque não gosto de lidar com o desconhecido. Tento controlar.

Estamos a 28 de Agosto. As aulas começam daqui a poucos dias e nada está explicado, definido. E eu, cá estou aguardando calmamente.]

Bons hábitos

28.08.20 | Ana

7e3d12f72f647c5986f0f5a114d19ca7.jpg

A precisar urgentemente de voltar aos bons hábitos.

Entre os quais, escrever aqui no blog. Sinto falta, e vejo o número de visitas a aumentar, e eu sem nada para "mostrar". Não gosto.

Acho que mudei muito nestes últimos meses.

Mas ainda não alinhei os eixos. 

Estou ainda a encontrar-me. Normalmente a escrita ajuda-me. Vamos ver.

Um beijinho para todos.

 

Nota: segue já de seguida um post com as "actualizações".