Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêm a cabeça.

A Ana antes | A Ana depois

02.10.20 | Ana

Sabem aquele anúncio que tem passado na rádio da pessoa antes e depois...

Pois, está mesmo a pedir um post sobre a Ana antes e a Ana depois.

 

A Ana antes começava as manhãs muito stressada e acelerada. A Ana depois faz questão de acordar bem cedo, enquanto as miúdas ainda dormem para com calma ir tratando de tudo.

A Ana antes chegava a casa ao final do dia, e não parava um segundo, para conseguir ter o jantar pronto a horas e a Maria na cama na hora certa. A Ana depois, chega a casa, troca de roupa e na maior parte das vezes, senta-se no chão a "brincar", e adivinhem: jantamos a horas na mesma e vai tudo para a cama cedo.

A Ana antes desiludia-se com as pessoas de quem queria ser amiga, por elas não retribuírem a amizade. A Ana depois decidiu que "se não se importa comigo, não é minha amigo(a), e portanto não vale a pena".

A Ana antes fazia coisas  só porque assim o manda as regras da convivência. A Ana depois só faz o que realmente quer e considera importante no momento.

A Ana antes enervava-se com as coisas, e levava tudo muito a peito. A Ana depois reflecte "isto não é sobre a minha pessoa, logo não tem importância para mim".

A Ana antes sentia necessidade de fazer vários programas ao fim de semana. A Ana depois sente que o sítio onde vive é o melhor local para passar o fim de semana.

A Ana antes sentia necessidade de ter no local de trabalho, relações sociais e partilhas do dia a dia. A Ana depois, passa o dia no seu gabinete, fala cordialmente com todos, e não estabelece relações de intimidade com ninguém.

A Ana antes desiludia-se com as pessoas. A Ana depois não se ilude com as pessoas.

A Ana antes preocupava-se que as pessoas pensassem mal dela, do seu desempenho ou da sua forma de estar. A Ana depois preocupa-se em fazer bem e em estar bem, e menos no impacto que isso tem nos outros.

A Ana antes focava-se muito no agora, no mais daqui a bocado, no amanhã, no que vai ser, no que ainda está para vir e como ela queria que fosse. A Ana depois vive o mais presente e sente a mente mais calada.

A Ana agora está assim. Depois, logo se verá...

[Esclarecimento: não sei bem, o que marca o antes e o depois - o passar a ser mãe de duas, a pandemia, os meses em casa por causa da pandemia, os 40 anos, ou tudo junto.]