Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

06
Set16

Colinas do Tejo [Uma opção diferente para férias ou fim de semana, ou outra coisa qualquer que vos apetecer...]

Ana

Se procuram um lugar para estar bem perto do “barulho” da natureza, este é o local ideal.

Colinas do Tejo é um parque de campismo, junto ao rio Tejo (pois claro), onde podem desfrutar de várias actividades em contacto com terra e rio - caminhadas, bicicleta, caiaque, mergulhos no rio. Para além de muito relaxe, e “desligar puro” das “coisinhas do dia a dia”.

Têm a possibilidade de acampar em tendas ou caravanas, ou alugar umas noites numas casinhas de madeira, muito acolhedoras.

Tudo é gerido e organizado por um casal muito simpático (João e Paula), que vos deixa à vontade para desfrutarem, mas que também estão sempre disponíveis para vos dar sugestões de actividades ou locais a visitar.

A localização também é boa. Cerca de 1h30 de Lisboa, com a vantagem de grande parte do caminho ser autoestrada e escassos km de estrada nacional, o que torna a viagem muito fácil e rápida de fazer.

Estivemos lá uns dias em Agosto, e ficamos com vontade de voltar. Assim, que percebi que a vista da casa era esta aqui em baixo, fiquei logo do género “uauuuuu, aqui é que eu vou desligar”.

 

IMG_20160823_084937.jpgVista para o rio. Viva o luxo.

O calor era muito. Estávamos em Abrantes, em Agosto, também não esperávamos outra coisa. 

E esta cama de rede.

IMG_20160823_084943.jpg

Fantástica na altura de maior calor, pela sombra que a árvore proporciona, e de noite então uma preciosidade para contemplar as estrelas.

A miúda tinha um escorrega, baloiço, trotinete e muitas árvores de fruto para perguntar “o que é?”. Correu (esfolou logo os joelhos no primeiro dia), e brincamos muito as escondidas. “Nadou” muito na piscina e à noite conseguimos ver o céu todo estrelado, e explicar-lhe o que é uma estrela cadente.

Como companhia, tivemos sempre por perto a Dulcineia, uma cadela Serra da Estrela, enorme, mas ainda um bebé, que “toma conta” dos visitantes. Quem não gostou muito dela, foi a miúda. Mas o relacionamento foi pacífico, porque até eu que não sou propriamente apaixonada por cães, devo admitir que esta era uma verdadeira companheira.

IMG_20160823_085015.jpgVista de outra das portas. O Tejo, sempre lá ao fundo.

 E foi isto. Comer, dormir, piscina, "pastelar" à sombra, conversar, relaxar, rir e brincar.

3 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Nº de Visitas

contador de visitantes

Também estou aqui

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D