Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêm a cabeça.

Devaneios

24.01.20 | Ana

Uma das minhas primeiras memórias.

Dormir em casa da minha avó, em uma “cama de grades de improviso”.

Ela juntava duas cadeiras (ou mais, não consigo precisar isso) e eu dormia lá.

Eu devia ser mesmo muito pequena, para ainda caber lá.

Tantas vezes ia lá dormir, que um dia (tinha 7 anos) decidi que ia para lá viver. Lembro-me perfeitamente do dia em que o fiz. Era uma segunda-feira. Sei que era segunda-feira, porque havia feira à segunda, e eu lembro-me de fazer o percurso, passando pela feira com um saco plástico preto com as minhas coisas.

Acho que a minha mãe me deixou porque pensava que “era uma coisa passageira”. Não foi. Fiquei lá em casa até aos 21 anos. Nessa altura, fomos ambas para casa dos meus pais. Eu já não conseguia tratar dela sozinha.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.