Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêm a cabeça.

Diário 2 - temos dançado

20.03.20 | Ana

Como estão?

Se estivermos todos na mesma já não é mau. Siginifica que não estamos doentes e que o índice de sanidade mental continua assim assim.

A Marta continua a comer sem parar. Come nas refeições dela, que tento ao máximo que seja ao mesmo tempo que as nossas. Porque quando estamos a comer, também quer comer. Comecei a dar-lhe alimentos para a mão: pão, bolacha (essa já tinha sido introduzida há uns tempos), banana (abriu a goela e chorou quando acabou, como acontece mesmo quando lhe dou banana à colher) e bróculos (esses estavam ainda muito rijos, para os dentes que ela ainda não tem  - sim, a miúda tem quase 9 meses e dentes 0 ). Ri-se muito. Desconfio que está a achar esta quarentena uma maravilha. Temo pelo dia que a terei que por num carro outra vez. E voltar a creche, como será?! É melhor não pensar nisto. Rebola para a esquerda, para a direita. Ainda não gatinha. Mas já tenta movimentar-se.

A Maria tem sido (como sempre, aliás), uma agradável surpresa. Calma. Tranquila. Faz lá as suas fitas de vez em quando, mas muito menos do que julguei que aí viesse. Trabalha coisas da escola, às vezes nem com muita vontade, mas vai fazendo. Está a cumprir tudo.

Já fizemos aula de hip hop. Eu e ela. O meu jeito? É melhor nem perguntarem. Mas vamos nos divertindo.

Ontem houve ballet. Esta foi só para ela. Vestiu o seu fato de ballet e lá dançou.

A Marta riu. Gritou. Fez a festa.

Fizemos brigadeiros para o dia do pai. E as miúdas deram aos pais desenhos (as educadoras da Marta foram cautelosas e fizeram com tempo, a Marta trouxe logo para casa no último dia).

4 comentários

Comentar post