Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

21
Fev18

Superação (outra vez) e os meus "truques"

Ana

Screenshot_20180221-141334.pngScreenshot_20180221-141438.png

 

 

Há sensivelmente um ano, partilhei aqui, orgulhosamente o meu feito.

7,20 km em 1h01m.

Hoje, muito orgulhosamente, feliz e aflita das pernas, partilho convosco que corri 7 km em 44 minutos.

Hoje fiquei com a certeza absoluta que sou capaz de muito mais do que aquilo que julgo.

O fundamental é sair da zona de conforto.

Foi o que fiz, quando resolvi começar a caminhar.

Foi o que aconteceu, quando resolvi passar de caminhada para corrida.

Foi o que fui fazendo quando comecei a aumentar as distâncias.

Mas a velocidade e o tempo, era algo que eu não queria mexer.

Sempre que o tentava fazer, ficava desmotivada.

Porquê? Porque sentia que não conseguia e isso desmotivava-me e mantinha o meu foco: não interessa correr depressa, o importante é correr.

E é verdade.

Aliás, o importante é mexer-se. Seja a andar, a correr, a nadar, ginásio, o que for.

No entanto, eu estava tranquilamente a defender aquilo que eu sentia como incapacidade.

 

No início do mês de Fevereiro, descobri o site da asics.

E foi aqui que vi que podia criar um plano.

Foi o que fiz, mais por brincadeira do que outra coisa.

A verdade, no entanto, é que este plano, está a puxar por mim.

Devagar, de acordo com o meu ritmo. Mas está.

Como?

Porque para cada dia, tenho uma distância, período de tempo e de ritmo.

Quando vou correr, utilizo a aplicação S-Health, onde defino quanto quero correr e em quanto tempo. Depois uma "vozinha" (a quem eu dei o nome de Rosie), vai me dando orientações sobre a minha velocidade (ora mais rápido, ora mais devagar), para que eu consiga atingir o meu objectivo.

E é assim que eu tenho conseguido superar-me.

 

Serve portanto este post, para não só partilhar convosco mais uma conquista minha, mas também para vos mostrar quais a estratégias que uso. Que me saem a custo zero, são amadoras, mas são ajustadas a mim.

 

[Só mais uma coisinha. O plano diz os dias que devemos correr. As horas escolhemos nós. (Claro). Por isso, é só ajustarmos aos nossos horários. Para além de que é possível trocar um treino por um dia de descanso (já o fiz, porque estava a chover), ou simplesmente não correr um dos dias do plano ou correr outro qualquer. Nada é obrigatório, obviamente. É uma questão de irmos gerindo.]

 

O mais importante de tudo, quanto a mim, é não fazer disto uma obrigação. É algo que eu gosto de fazer. E sabe-me muito bem, o fim de cada treino e a sensação de superação.

 

6 comentários

Comentar post

Sobre mim

foto do autor

Nº de Visitas

contador de visitantes

Também estou aqui

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D