Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Comentários recentes





Noite atribulada: pós-prova

por Ana, em 16.04.18

Tinha dormido pouco de Sábado para Domingo.

Corri 20 km na manhã de Domingo.

Com chuva, muita chuva.

 

Cheguei a casa, tomei banho. Almocei. Fui buscar a miúda. E seguimos para casa de uns amigos para ver o Benfica perder ao Porto.

Achei (TOTÓ) que como tinha corrido tanto, podia comer o que me apetecia.

Muito petisco. Tudo muito bom. Eu mal me conseguia mexer. Por isso, sentada comi...

 

Chegamos cedo a casa.

Eu só queria dormir.

Já fui para a cama mal disposta.

Mas eu pensei: "adormeço e fico bem".

Pois, mas não.

Até as 02h, sempre a acordar. Mal disposta.

Até que se tornou insuportável.

Calor. Frio. Cólicas. Só tinha vontade de chorar.

Poupo-vos aos pormenores, mas foi mau.

Bebi chá.

E adormeci.

 

As 06h15 tocou o despertador.

 

[Hoje, assim que entrei no gabinete, perguntaram-me o que é que eu tinha]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Noite atribulada: pré-prova.

por Ana, em 16.04.18

No domingo tinha que me levantar cedo.

Tinha uma corrida a iniciar as 9h no Estoril e tinha que sair cedo de casa.

Mais. Uma vez que ía correr 20 km, era conveniente que dormisse muito e bem.

Vi  os dois primeiros episódios da série "Mecanismo" e apesar de ter muita vontade de ver mais, tinha que ir dormir.

E fui.

Eram umas 23h e picos.

 

Por volta das 23h30 o cão ladrava cá fora no quintal.

Muito.

Marido espreitou pela janela e não conseguiu ver nada.

Foi lá fora.

Passado uns minutos vem dizer-me: "Está um porco espinho no quintal, e o Ringo não para da ladrar para ele" 

Marido, fecha o cão.

E aguarda que porco espinho vá a vida dele.

Marido solta o cão e vai dormir.

 

As 02h e picos...

Ringo ladrava furiosamente.

Lá foi o marido.

O porco espinho tinha voltado.

Cão ficou fechado o resto da noite.

 

As 06h... Despertador toca.

Autoria e outros dados (tags, etc)

20 km Estoril-Belém

por Ana, em 16.04.18

Foi ontem.

temporary_file634156582.jpg

 

Não foi fácil.

Mas também não foi difícil.

 

Tive uma noite atribulada. [Terei que falar disso]

06h00 toca o despertador.

Não me levantei logo.

Resisti.

Mas lá consegui.

Assim que olho para a rua, um desconsolo. Chuva.

Depois de um sábado lindo, não era justo.

 

Saí de casa já passava das 07h.

Deixei o carro em Algés e apanhei o comboio para o Estoril.

Cheguei ao Estoril já muito perto do início da prova.

Mas precisava de ir a um WC. 

Entrei num café.

Pela primeira vez constato que a fila do WC masculino era MUITO maior que a do WC feminino.

Não havia muitas mulheres nesta prova. 

O meu aquecimento, foi ir a correr para a "partida" porque já estava em cima da hora.

 

Começou a chover logo no início.

Ao km 4 eu já estava encharcada.

A partir do km 6 começou a parar de chover.

No km 14 a chuva voltou e já não parou mais.

Também no km 14, uma subida. Nem queria acreditar quando a vi. Olhei ao longe e vi que cerca de 95% das pessoas estava  a andar.

A minha cara deve ter sido tão má, que um senhor olhou para mim e disse "respira na subida, é curta, depois é a descer".

E foi o que fiz.

Fiz a subida a correr, e a levar com vento e chuva na cara.

Mas foi rápido.

A seguir ao km 15 uma descida enorme.

Ao km 16 eu estava eufórica e acelerei.

 

Terminei em menos de 02h10 (era o meu tempo limite).

Completamente encharcada.

Mas feliz.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes