Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

19
Jun18

A aldeia acorda cedo

Ana

05h47 - saio de casa e dou os bons dias ao meu cão

05h50 - começo a correr

05h57 - encontro duas vizinhas a caminhar

05h59 - passo pela primeira das casas com cães: todos eles me dão os bons dias de forma bem audível

06h05 - passo pela segunda casa com cães: um deles "cumprimenta-me" com ar de mau e o outro até sai de casa para vir ter comigo

06h08 - passo pela terceira casa com cães: estes não ladram, mas vêem todos a correr para ao pé do muro para me verem

06h18 - encontro um vizinho a sair da aldeia com o tractor

06h22 - termino a corrida e dou uns passos até casa

06h23 - vejo o vizinho do pátio da frente, na rua "a apanhar fresco".

11
Abr18

Inícios de dia

Ana

Tenho (devo) de sair de casa as 07h30. Se não o fizer, apanho transito logo no começo do caminho.

Com uma miúda de 5 anos, que detesta acordar, não é fácil.

Vai-se gerindo.

 

Hoje, a seguir ao pequeno almoço, reparei que já não tinha cápsulas para a máquina do café.

"Que chatice", pensei.

Entramos no carro as 07h34.

Arrancámos.

As 07h36 estava a passar ao pé do café da aldeia.

Pensei, "Eh pá, vai estar trânsito. A viagem vai ser longa, sem café não vai dar".

Parei o carro.

Saí do carro.

Miúda sai do carro a reclamar [Tem um "excelente" humor matinal].

Lá fomos.

 

"Um café, se faz favor".

Um sorriso do outro lado. Uma alegria enorme por nos ver. A senhora é fantástica.

Mete conversa com a miúda.

Falamos do trânsito. Do tempo. De tudo e de nada.

E a senhora pergunta a miúda. "Oh M... tu queres uma fatia de pão de ló que eu fiz? Toma lá".

O humor matinal da miúda desapareceu.

Eu, compostinha com o meu café.

Lá fomos.

Arranquei as 07h44.

 

À saída da aldeia, vimos um arco-íris.

 

E eu pensei: pode vir o transito.

 

[E veio. E eu fiquei muito irritada também hoje. E discuti muito no carro sozinha. Mas... Podia ter sido pior, não é ]

09
Abr18

Já se nota a Primavera

Ana

Lá pela aldeia, já se nota que é Primavera.

Reparei isso ontem, quando fui dar a minha corridinha.

 

Os campos já estão cheios de flores: malmequeres, papoilas, e outras tantas que desconheço o nome.

Os montes estão verdes, muito verdes.

Nas hortas já se vê qualquer coisa a nascer.

 

Sim, é verdade que há chuva. Muita chuva.

Os dias têm estado na maior parte das vezes cinzentos, o que nem  nos deixa ver as cores da Primavera.

Mas ela anda aí.

 

Hoje o céu, pela manhã estava limpo.

A serra verde. O palácio de Sintra lá em cima.

 

Há lá cenário mais bonito?

[Até pode haver, mas eu não quero saber].

 

 

05
Abr18

Em fotos

Ana

Durante as férias, tive mais pelo instagram.

Fica aqui um pequeno resumo em fotos.

IMG_20180322_143344.jpgIMG_20180323_084358.jpgIMG_20180325_135006.jpgIMG_20180328_093145.jpg

IMG_20180328_122241.jpgIMG_20180330_164934.jpgIMG_20180401_144657.jpgIMG_20180402_105603.jpg

Foi muito isto.

Corridas (não podiam faltar).

Passeios.

"Almocinhos de encomenda".

Casa de bonecas improvisada.

Trabalhos manuais.

Caça aos ovos.

Pequeno-almoço especial.

Idas ao parque.

Muitas séries.

Experiencias com receitas (é melhor nem falar nisso)

Comidinha saudável. MUITO chocolate.

Sol.

Foi bom, e quero mais.

16
Nov17

A viver na aldeia: o bom e o menos bom

Ana

Em outubro de 2016 mudámos para o campo. Para uma casa pequenina, já velhinha e vazia.

Quando lá cheguei, estava apreensiva.

Sem saber bem se tinha sido uma boa ideia.

Ficar a viver no sítio onde estávamos estava fora de questão (vivíamos os três num T1). As rendas dos apartamentos na zona onde vivíamos estavam altíssimas. Começamos a alargar a nossa escolha a sítios mais afastados do centro urbano. E foi aí que encontramos esta casa, nesta aldeia pequenina, pequenina.

 

A viver na aldeia à cerca de um ano, julgo estar em condições de fazer uma análise comparativa. Atenção, segundo a minha experiência, a minha realidade.

 

Pois comecemos primeiro pela parte mais chatinha.

As desvantagens.

Gasto mais tempo em deslocações diárias de carro.
Gasto mais dinheiro em combustível e portagens.
Se quiser ir às compras tenho sempre que ir de carro.
Quando não tenho carro, fico mais “presa”.
Há mais humidade.
No Inverno, as temperaturas são muito baixas.

Estou mais longe da família, o que me faz estar menos vezes com eles.

O hipermercado está mais longe e os centros comerciais também.

Estou pouco tempo em casa, durante a semana.

 


E agora as coisas boas.
As vantagens.
Posso correr em percursos mais planos, limpos e sossegados.
Estou mais perto da praia.
Estou no campo.

A miúda pode brincar na rua, em casa, na casa de vizinhos, no parque.
A roupa seca ao ar livre, com muito sol e vento.
A vista é mais ampla.

Há mais silêncio.

Como mais fruta e mais legumes, e estes são mais frescos, saborosos e saudáveis.

Estou mais perto de uns sítios giros que têm umas coisinhas doces que adoro.

Tenho mais espaço.

Estou mais perto de sítios giros para passear, que não passem necessariamente por grandes superfícies comerciais.

Vivo mais o fim de semana.

 

 

Obviamente que se pensar durante mais tempo, vou encontrar mais itens tanto de um lado como do outro.

No entanto, o balanço que faço é: foi a melhor decisão da nossa vida. O que ganhamos (os três) com esta mudança, supera completamente os aspetos menos positivos.

Apesar de já ter passado um ano, ainda nos estamos a adaptar. Aos poucos, temos vindo a ajustar a nossa realidade a esta realidade. Assim, vamos conseguindo reduzir o impacto das desvantagens e aproveitando ao máximo as vantagens.

 

Sobre mim

foto do autor

Nº de Visitas

contador de visitantes

Também estou aqui

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D