Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cá coisas minhas

Este é o meu blog. Onde falo sobre múltiplas coisas. As coisas que me vêem a cabeça.

“Vai força, rapariga nova”

22.05.17 | Ana

Este fim de semana, voltei a levantar-me cedinho com o objectivo de fazer uma corrida grande. Voltei a superar-me: 13,3 km.

Mas foi um treino cheio de aventuras.

Primeiro, tinha definido um percurso no mapa. No entanto, como nunca o tinha feito, acabei por ir parar a outro lado. De qualquer das formas, o percurso foi magnífico, pois a paisagem valia a pena. Ainda fiz um bocado fora de estrada e tudo.

IMG_20170520_081211.jpg

Segundo, enquanto subia uma rampa bem puxadinha, passo por um senhor que estava a ir para a horta [pelo menos a indumentária e ferramentas que levava na mão, assim o indicavam. Ora esse senhor diz-me o quê? “Vai força, rapariga nova”. Acho que nunca mais me vou esquecer desta frase. Acho que vai ser a minha fonte inspiradora.

 

Terceiro, e mais assustador. Estava tão entretida com os meus pensamentos e de repente está um cão em cima de mim a ladrar intensamente. Tive mesmo de parar. Ele veio directo a mim. Recuava alguns centímetros e voltava a ladrar. As tantas, mordeu-me as calças. Fiquei mesmo assustada. O cão era pequeno, mas não recuava. Eu dizia “sai, sai”. Só passado uns 2 minutos é que oiço uma voz (que vinha de uma casa que tinha o portão aberto) a dizer “anda cá”. A sério, as pessoas fazem com cada coisa mais estúpida. Deixar os cães andar assim à solta, é um perigo tão grande. Bom, mas depois recuperei do susto e lá continuei.

 

E foi isto. Muito calor, também. Cara bem queimada, quando cheguei a casa.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.